Ser VOLUNTÁRIO é SER HUMANO!

Marcelo Rachid de Paula

“O voluntariado é uma oportunidade excepcional para a prática do bem e da solidariedade”.

Ser voluntário é muito mais que oferecer uma parte de seu tempo, é muito mais que olhar para a necessidade do outro, muito mais que fazer parte de uma maravilhosa corrente, muito mais que colocar o seu entendimento e experiência em benefício do todo, vai além das expectativas do ser humano e o coloca em destaque, tanto para quem doa, quanto para quem recebe.

O voluntário é um guerreiro silencioso que não busca fama, dinheiro ou oportunidade de riquezas, apenas dá o que tem de melhor. A visão do voluntário é ampla e bela, pois tem um alcance infinitamente maior sobre o que acontece ao seu redor e se integra a estas condições sempre com muita entrega e determinação.

Atuo na área do terceiro setor há 10 anos e uma frase que ouço constantemente é: “Gostaria tanto de ajudar, mas não sei como.”

Existem hoje no Brasil cerca de 600.000 organizações sem fins lucrativos atuando em diversas áreas (social, educacional, ambiental, saúde, cultural, esportivo, etc.) e cada uma delas apresenta oportunidades para que as pessoas possam oferecer sua capacidade e experiência em favor deste maravilhoso setor da economia através da doação pessoal e intransferível!

Cada uma delas tem a sua missão e apesar de muitas realizarem e colocarem em prática projetos de naturezas semelhantes têm peculiaridades diferentes, levam soluções e amenizam a dor e o sofrimento de muitas pessoas, proporcionando condições para que a vida de todos os envolvidos melhore consideravelmente.

Nos EUA e Europa, esta prática é bem mais difundida, com as pessoas tendo a plena noção de importância para este tipo de atitude. O que se deve salientar nestes locais e que diferem muito da nossa realidade aqui no Brasil é a legislação existente, voltada para o crescimento do setor e da sociedade (leia e conheça o modelo Canadense), bem diferente da nossa, ainda muito vaga e clientelista, “forçando” as instituições a estarem sempre com o “chapéu na mão” para conseguir recursos, além de dificultar a busca de voluntários, tão importantes para a realização de seus processos e ações internos e externos.

Outro fator de grande importância que destaco e que especialistas em RH vem reiterando de forma mais concreta, é que o voluntariado hoje, além das benesses oferecidas aos assistidos, além do bem estar sentido por quem está ajudando, também abre a possibilidade de estarem conseguindo oportunidades de um emprego fixo e permanente, pois a visão dos empresários para este tipo de atitude está crescendo de forma benéfica e produtiva e com a visão voltada à responsabilidade social.

É deste universo que falo e indico para aqueles que se encaixam no perfil de pessoas que podem doar pelo menos 01 hora por semana em favor de alguma causa.

É muito fácil! Somente basta desejo de ajudar, aliado ao comprometimento com a causa.

Ser voluntário é Ser Humano…


Marcelo Rachid de Paula

Formado em Gestão de Negócios e da Informação e Pós-graduado em Gestão Empresarial.

Desde 2007 atuando no Terceiro Setor com ações de Consultoria, Apoio, Orientação e Capacitação de pessoas através de cursos e eventos desta maravilhosa área da economia.


 

Anúncios

Todo mundo tem algo a ensinar e também aprender

Olá pessoal!

Passando para deixar um convite da Equipe Sociomotiva.

Todo ser humano tem habilidades e conhecimentos, sendo todos eles, sem exceção, importantes para sua evolução e de outros que estão ao redor. Tudo o que fazemos afeta e interfere direta ou indiretamente a vida do meio em que vivemos e por isso vejo como uma forma salutar, compartilhar um pouco deste conhecimento e habilidades com pessoas que não conhecem os mesmos temas.

Vejam a chamada abaixo, cadastre-se no site Sociomotiva.com e inclua suas habilidades e ideias que transformam.

Sociomotiva te enviou a seguinte mensagem:

Programa Troca de Talentos

‘Olá, Motivad@s!

O que você faz quando não está no trabalho? Qual é seu hobby?

Talvez seus colegas nem imaginem que você sabe tocar violão, que é fluente em inglês, ou ainda que é um cozinheiro de mão cheia. Seja qual for sua habilidade, você pode compartilhá-la com os colegas do Portal! 🙌

Confira nosso espaço para troca de talentos. Ali, qualquer pessoa pode oferecer um curso, dica ou atividade, além de participar dos cursos oferecidos por outros voluntários. É um ambiente para ensinar, aprender e, claro, fazer grandes amizades!

Participe: https://www.sociomotiva.com/aggregator_builders/12-troca-de-talentos

Sociomotive-se!

CVV – Curso Gratuito para Formação de Voluntários

Olá pessoal!

Todos já ouviram do brilhante e maravilhoso trabalho que o Centro de Valorização da Vida – CVV realiza.

Para terem pessoas dando apoio em suas tarefas e atuações necessitam de voluntários para que esta base funcione e dê os resultados esperados.

Para fazer parte, façam o curso e seja um(a) colaborador(a) voluntário(a).

Dias 30/04 e 01/05/2016

Curso CVV_voluntariado

Curso de Gestão do Programa de Voluntariado no CVSP

Olá pessoal!

Centro de Voluntariado de São Paulo – CVSP, convida a todos para o curso CURSO DE GESTÃO DE PROGRAMA DE VOLUNTARIADO, que vai acontecer na próxima semana, nos dias 25 e 26/09/13.  Fiz este curso há 2 anos, quando estava coordenando a criação de um Centro de Voluntariado em Jundiaí e posso afirmar que trata-se de um ótimo curso.

Faça já a sua inscrição e promova a gestão de voluntários em sua organização!

Veja a seguir a chamada do evento:

convite_setembro_curso voluntariado

Entrevista do Atitude Solidária na Rádio Cidade

Em dezembro, o Atitude Solidária esteve presente no programa Radioatividade da Rádio Cidade de Jundiaí a convite do apresentador Carlos Cunha.

A entrevista transcorreu de forma agradável e puderam ser divulgados os principais pontos do Projeto do Centro de Voluntariado de Jundiaí e região, bem como os benefícios que o Atitude Solidária irá proporcionar às comunidades de 09 municípios.

Vale lembrar que o entrevistado Marcelo Rachid de Paula (coordenador do projeto) enfatizou alguns pontos de suma importância para que o projeto seja uma realidade marcante e positiva para todos, entre eles, o cronograma de atividades previsto para dar inicio após estarem devidamente instalados e legalizados em sua sede.

  • 1º ano – ações voltadas a conhecer melhor as necessidades e atender às Organizações Sociais de Jundiaí.
  • 2º ano – ações diretas e efetivas de conscientização e implantação de áreas voluntárias em empresas da iniciativa privada e também do poder público de jundiaí e conhecimento e ações nas organizações sociais dos outros municípios envolvidos.
  • 2º ano – ações dentro das instituições de ensino, divulgando e conscientizando crianças, jovens e adultos na importância da prática solidária e voluntária como forma de exercerem a cidadania e crescimento do meio onde vivem.
  • 3º ano – todas as frentes e atividades em todos os municípios que fazem parte da região de governo de Jundiaí

Outro ponto destacado é a capacidade individual das pessoas em produzir e trabalhar em favor da solidariedade.

Todos, sem exceção!

Venha fazer parte desta grande família!